segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Tenho dois pares de asas, um desejo infinito no peito e um lado doida que não se cala. Quero sempre o vôo mais alto, a vista mais bonita, o melhor beijo. Tenho uma força que nunca me deixa e uma rebeldia que às vezes me cega. Choro em filmes, mas não consigo chorar pelos meus próprios problemas. Sou bem mais feliz que triste, mas às vezes fico distante. E me perco em mim como se não houvesse começo nem fim nessa coisa de pensar e achar explicação pra vida. Explicação mesmo, eu sei: não há. E me agarro no meu sentir porque, no fundo, só meu coração sabe. E esse mesmo coração que me guia e não quer grades nem cobranças...As vezes me vejo sem rumo, com uma interrogação bem no meio da frase: O que eu quero mesmo? Por isso, eu te peço: se eu gostar de você, me deixar solta. Não me pergunte aonde vou, mas me peça pra voltar...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Seguidores

Quem sou eu

Minha foto
bom gente a maioria de vocês já me conhecem então vou dispensar apresentasoes, queria pedir pra todos que curtem meu blog deixar comentários, palpites, pitacos... shusuhshsusususu bom obrigada pelas visitas bjjos. :D

Arquivo do blog